Comunidades Riberinhas da Floresta de Faro

Na Unidade de Conservação de Uso Sustentável, Florestas Estadual de Faro do Norte do Pará, são localizadas às margéns do Rio Nhamundá, atualmente divididas em duas comunidades Português e Monte Sião.

Utilizam técnicas tradicionais de confecção de utensílos domésticos.

As peças na Delborgo são da Associação dos Moradores Tradicionais da Flota de Faro.

Arara da Volta Grande do Xingu

Habitam a região conhecida como Volta Grande do Xingu, entre os rios Bacajá e Bacajaí, localizada na baixa da bacia do rio Xingu. Seu terrítorio é constituido por ilhas e corredeiras e foi gravemente impactados pela construção da Usina hidrelétrica Belo Monte.

Fonte: Pib.socioambiental

As peças na Delborgo são produzidas pelas artesãs das Aldeias da TI Arara da Volta Grande do Xingu

Kayapó Mekrãgnoti

Vivem na Região do Rio Xingu, entre o Pará e o Mato Grosso, nas terras indígenas conhecidas como Baú e Mekragnotire. Seu território é coberto, na maior parte, pela floresta amazônica, além de incluir, na parte mais a sul, áreas de Cerrado.

Fontes: Pib.socioambiental e Instituto Kabu 

As peças na Delborgo são das comunidades que fazem parte do Instituto Kabu